Na manhã dessa quarta-feira (12) o Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) prendeu um homem suspeito de se passar por delegado em Teresina.

De acordo com informações do delegado Tales Gomes, o homem foi identificado como Afonso Soares Brandão, e se passava por delegado com o obejtivo de se aproximar das pessoas, e por meio de ameaças, efetuar roubos.

“A informação que nós tivemos é que ele se passava por delegado para poder se aproximar das pessoas e subtrair diante ameaça, depois, objetos de valor das pessoas cometendo roubos. Isso ainda vai ser apurado. A princípio foi feita a prisão dele com esse material, ele vai ser autuado pela questão da posse ilegal de arma”, disse o delegado Tales Gomes.

O delgado relatou que a prisão foi efetuada na residência do suspeito, em um apartamento na zona Norte da capital, e na casa, foi apreendido diversos mateiras usados por Afonso Brandão durante a ação.

“Foi feita uma vistoria no apartamento e encontramos todo o material: uma pistola calibre 380, três carregadores desse mesmo calibre, carteira de investigador, delegado, algema, munições, um distintivo, chapéu, colete. Mostra toda uma autuação dele no sentido, teoricamente de abordar pessoas e fazer até mesmo crimes”, relatou o delegado.

Ainda de acordo com Tales Gomes, o homem já reponde a processos por receptação e violência doméstica.

“Não é delegado, não tem prerrogativa para fazer investigação, não tem documento que legitime a posse da arma de fogo, e é um sujeito que responde a processo por receptação de carro roubado e violência doméstica”, finaliza o delegado.

Fonte: Viagora

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui