Recuperado, Dinho Ouro Preto comenta sequelas do coronavírus

O vocalista Dinho Ouro Preto abriu o jogo durante sua participação no Encontro desta quinta-feira (9) e falou sobre sua experiência enquanto se recupera do coronavírus.

No bate-papo com Patrícia Poeta, ele contou sobre algumas das sequelas deixadas pelo ela enfermidade e revelou ter afetado até mesmo sua profissão.

“Fiquei com problemas nas cordas vocais, tive dificuldade de cantar, cheguei a fazer umas sessões de fono para recuperar a minha voz”, revelou.

O cantor da banda Capital Inicial ainda revelou que seu pulmão acabou sendo o órgão mais afetado. “Em um primeiro momento, tive problemas ligados à respiração. Tentei correr e quase tive um troço. Tenho a impressão que a recuperação do pulmão foi um pouco mais demorada do que eu antecipava”, disse.

MUDANÇAS

Dinho Ouro Preto fez um verdadeiro desabafo sobre seus aprendizados e lições após vencer o coronavírus.

Em uma live, o vocalista da banda Capital Inicial revelou que muitas mudanças no seu cotidiano tiveram de ser tomadas depois da contração do vírus.

“O rock’ ajuda a dar vigor e deixei meus excessos para trás. Não bebo, nem fumo mais”, começou revelando.

Fonte: UOL

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui