Clube russo é multado por ofensas racistas ao atacante Malcom, ex- Corinthians

A Federação Russa de Futebol determinou nesta terça-feira (23) uma multa no valor de 100.000 rublos (equivalente a R$7.471,13) ao CSKA Moscou por ofensas racistas de seus torcedores contra o atacante Malcom, ex-Corinthians, que atualmente defende o Zenit São Petesburgo. O Jogador foi ofendido por torcedores rivais após marcar dois gols.

Os insultos ocorreram no último sábado (20), quando o brasileiro marcou duas vezes na vitória por 4×0 do time de São Petesburgo em plena a casa do CSKA. O jogo contou com presença de público por conta a flexibilização das medidas de isolamento social na Rússia, que permitem um público equivalente a 10% da capacidade do estádio.

De acordo com o diário catalão “Mundo Deportivo”, esse não é o primeiro episódio de racismo envolvendo o atleta após sua chegada à Rússia, tendo sido alvo de ofensas vindas de sua própria torcida em sua estréia pelo Zenit.

Após a volta do Campeonato Russo, Malcom tem vivido em sua melhor fase com a camisa do Zenit, contribuindo com a boa campanha da equipe. Atualmente, o time de São Petesburgo ocupa a liderança do campeonato com 53 pontos, nove a frente do vice-líder, Lokomotiv Moscou, faltando apenas sete jogos para o fim da competição.

Fonte: MSN

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui